Arquivo mensal agosto 2018

porFlavio Pinto

Cases: IoT

A sigla IoT (Internet of thinks) está se tornando cada vez mais comum nos dias de hoje, mas no Brasil ainda é muito pouco usada.

Marcas como IBM, Microsoft e outros gigantes associam a IoT a algo que irá revolucionar o mercado de dispositivos, mas sempre associando ao cotidiano das pessoas. O que irei registrar aqui é um caso de sucesso de IoT a nível comercial. Não estou falando de sistemas de automação, que também já é algo bem difundido no mercado em grandes corporações.

Quando falamos de monitoramento florestal, imaginamos pessoas tirando fotos, medindo temperatura e umidade, certo? Se estivermos falando de kilometros de extensão seriam muitos dispositivos e isso teria um custo bem alto.

A Coaltech, empresa de Montes Claros-MG, possui tecnologias de monitoramento que conseguem via cameras de infravermelho, sensores de fumaça, câmeras de movimento e acompanhamento do crescimento das árvores e todos os aspectos que envolvem essa monitoria. Mas isso é um portal de Zabbix não é mesmo? Pois bem, todos esses dispositivos estão em uma rede dedicada de altíssima velocidade e que precisa de uma monitoria constante. Como estamos falando de uma estrutura isolada, não há como colocar um servidor ou um rack com uma infra mínima de T.I., então foram usados raspberrys para serem usados de proxy para enviar as informações da rede e dispositivos para uma central de monitoramento dedicada.

Essa central é 24 horas e possui uma brigada de incêndio a postos para qualquer incidente e usa o Zabbix para monitorar todos os esses sensores. Genial, não?

Por incrível que possa parecer, não foram usados recursos muito complexos do Zabbix, mas o segredo está na sua própria arquitetura com o uso de um proxy ativo dentro do raspberry. Há dezenas de artigos e vídeos no Youtube, mas então qual a novidade? Junte a solução do raspberry, uma rede de alta velocidade, cameras de precisão e um sistema preventivo de combate a incêndio e teremos uma solução inovadora.

Pensem nisso, as vezes instalar um proxy num raspberry pode não ser uma novidade, mas associe isso a uma necessidade inovadora e ele se tornará uma bela de uma solução.

Pensem nisso meus amigos!

porFlavio Pinto

Por onde começar?

Estamos presentes, através dos nossos fundadores, em todos os canais de Zabbix no Brasil e observamos que grande parte das dúvidas estão associadas aos componentes básicos que estão explicados no manual.

A nossa recomendação é sempre ler o manual antes. Itens, macros, templates, SLA, API… está tudo lá! Como estamos falando de um Software Livre, nem tudo estará lá, é claro, mas é essa a essência do software livre. Se quizessesmos tudo pronto, pagaríamos, não é mesmo? Não há muitas ferramentas por aí, mas a grande maioria sabe o custo de desenvolvimento de cada uma delas e porque o Zabbix vêm crescendo tanto nos últimos anos.

E não tem desculpa de não saber ler em inglês, pois os manuais estáo em Inglês, Espanhol, Português, Japonês, Chines, Francês, Polonês e é claro em Russo.

Clique aqui para acessar a página em Português.

porFlavio Pinto

Sejam muito bem vindos!

Sejam bem vindos ao Zabbix Overflow!

Esse não será mais um site ou mais um bando de nerds, mas uma comunidade que terá o compromisso verdadeiro de ajudar, desenvolver o conhecimento e tornar a comunidade Zabbix no Brasil a melhor do planeta!

Iremos ter por aqui artigos, webinars, tutoriais, dicas e muitas (até demais!) puxadas de orelha que no final das contas, irão lhe ensinar como o nosso amigo letão (para quem ainda não sabe a Zabbix SIA fica na Letônia), funciona.

Lembrem-se disso quando alguém lhe recomendar ler o manual, pois essa será o melhor caminho para absorver o conhecimento.

Esperamos que nos visitem, curtam, favoritem e é claro, contribuam diariamente para manter nossa comunidade ativa e voraz por conhecimento.

Grande abraço

A Moderação